quinta, 15 outubro 2020 11:19

Município de Oliveira do Hospital capacita IPSS durante pandemia Covid-19

 

Em resposta à atual situação de pandemia, o Município de Oliveira do Hospital continua a privilegiar o trabalho em Rede para apoiar as Instituições sociais locais.

Desta forma, está a disponibilizar aos/as colaboradores/as destas entidades, nomeadamente as Instituições Particulares de Solidariedade Social e entidades lucrativas com resposta de ERPI (Estrutura Residencial para Idosos), o acesso gratuito a sessões formativas on-line que visam promover competências e disseminar ferramentas para a resposta à Covid-19.

Esta formação, que é ministrada pela Cruz Vermelha Portuguesa através da Coordenação Nacional da Saúde Mental e Apoio Psicossocial, é constituída por 11 sessões que se destinam fundamentalmente a apoiar a ação dos/as cuidadores nas Instituições, mas também promover o seu auto-cuidado, numa lógica “Cuidar de quem cuida”.

A formação, em formato webinar, teve início no dia 29 de Setembro com a realização da primeira sessão subordinada ao tema “Gestão de stress e apoio de pares nos cuidadores” e irá desenrolar-se até 28 de outubro.

Serão abordados vários temas que capacitarão os envolvidos em áreas distintas como os primeiros socorros psicológicos, a gestão da ansiedade provocada pela COVID-19 ou a definição de rotinas em isolamento, entre outros.

Durante um mês, um total de 430 formandos que trabalham diariamente com idosos, crianças e cidadãos portadores de deficiência no concelho de Oliveira do Hospital, irão estar envolvidos nesta grande ação de capacitação e reforço de competências, com vista ao robustecimento da Rede Social de Oliveira do Hospital e à promoção da resiliência institucional.

Um trabalho que se ambiciona profícuo para a continuidade da prestação de serviços cada vez mais humanizados nesta área, e ainda mais no cenário atual de pandemia que atravessamos, como refere o vereador do pelouro da Ação Social e Saúde.

José Francisco Rolo assinala que “o Município e a Rede Social investem claramente na capacitação dos profissionais, ou seja dotar os profissionais de ferramentas de diagnóstico e avaliação, também de organização e resposta rápida fazer face ao maior desafio que jamais foi colocado a dirigentes, técnicos e cuidadores de idosos - gerir os riscos e consequências da pandemia covid-19”.

“Nunca como agora, estas instituições e os seus colaboradores foram postas à prova, acompanhar, reforçar meios de proteção e capacitar os profissionais é assumir esta luta contra a pandemia como uma prioridade, num setor, o social, onde todos os dias os profissionais, nos lares, no apoio domiciliário, nas creches e ATL são desafiados a um trabalho intenso e meticuloso de cuidar e minimizar riscos de contágio, dar formação, dar informação e técnica é ajudar a salvar vidas.

É também a expressão da nossa gratidão perante um trabalho de dedicação a todos os títulos notável. Profissionais de coração enorme”, acrescenta o vereador da Ação Social e Saúde.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me