Grupos de Teatro

"A Semente“

Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense

Em Dezembro de 1985, um grupo de jovens decidiu reunir e tentar criar algo que desse mais animação e vida à nossa terra.
Surgiu assim a ideia de criar um grupo de teatro, inicialmente sem grandes ambições, mas com uma enorme vontade de iniciar um trabalho que desse alguns resultados positivos. Daí o nome escolhido para este grupo "A Semente", simbolizando precisamente o inicio de um esforço comum e que com perseverança poderia talvez nascer e dar alguns frutos.
Ao longo dos anos, o grupo representou várias peças em diferentes partes do concelho e distrito. Vários jovens e adultos estrearam-se no palco e outros deram o seu contributo por detrás do cortinado, para que anos após anos "A Semente" floresça.

Presidente
Ivone Figueiredo

​Morada
Rua Alexandre Rodrigues, nº6
3400 – 703 S. Paio de Gramaços

Contactos
Ivone Figueiredo - 963 342 961

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook
https://www.facebook.com/profile.php?id=100010771414487&fref=ts

Site
http://srlsampaense.com/index.php/teatro/

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade Recreativa Ervedalense

"No ano de 1901, nasce o Teatro Club Ervedalense, que em 1955 […] passa a designar-se Sociedade Recreativa Ervedalense. O seu fim é o de promover a organização de espetáculos e divertimentos para os sócios, além de lhes facultar as demais regalias próprias de sociedades de recreio, ornando-se, assim, uma coletividade recreativa de elevada função social, onde se realiza festas de variada índole e outras sessões em prol da cultura e do recreio.
A existência desta coletividade em muito de deve à força entusiasta do seu grande impulsionador, Sebastião de Albuquerque, Visconde do Ervedal, que doou o terreno, acompanhou as obras e foi um dos seus maiores acionistas. […]
Por tudo o que representa, esta casa faz parte do património desta terra, sendo motivo de orgulho para o povo ervedalense, acentuado pelo facto de ser a única estrutura deste tipo existente em todo o concelho de Oliveira do Hospital, que já nos anos sessenta era considerada como a melhor sala de espetáculos.
Em tudo, este edifício é similar aos teatros das grandes cidades, embora em escala reduzida. […]
Com o passar dos tempos, a casa de teatro chega a um estado de degradação total, tornando-se um perigo iminente. […] é lançada em 1954 uma circular, apelando à contribuição de todos para a sua reanimação e mais uma vez se recorre à compra de títulos para angariação de fundos, a fim de se realizarem as obras necessárias.
Nessa altura, são então construídos os camarotes, a escadaria e a plateia.
Após o terminus destas grandes obras, realiza-se em 1957 a festa de inauguração do novo Teatro […]".

in Monografia de Ervedal da Beira, Vol. 2, de Ana Isabel

Borges Ferrão Albernaz e Elisabete Mª Fernandes Pires Lopes (SER, 2005)

Presidente
Liliane Cid

Morada
Avenida D. Manuel I, 35
3405 – 032 Ervedal da Beira

Contactos
Liliane Cid - 963409973
Eduardo Gil - 916913958 | 238648035

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook
https:/https://www.facebook.com/teatroSRE

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------

Teatro Kamishibai da SCMG

Biografia
O teatro Kamishibai foi iniciado na Santa Casa da Misericórdia de Galizes em 2011 por intermédio da colaboradora/monitora de CAO - Rosy Campos, com três objetivos principais.
O primeiro e principal impulsionador da ideia foi a promoção de uma interação diferente entre os utentes da Santa Casa da Misericórdia de Galizes e as crianças e jovens das escolas do concelho, por forma a existir um contato próximo dos alunos com pessoas com deficiência mental e motora, permitindo desenvolver uma consciencialização dos alunos que será benéfica para o seu desenvolvimento pessoal, encarando as pessoas com deficiência como iguais na sua diferença.
Tem foco também na estimulação da imaginação e criatividade, sendo dado o incentivo aos alunos para desenvolverem e apresentarem as suas próprias histórias.
Por fim tem o objetivo de mostrar uma forma diferente e tradicional de contar histórias, sem uso da tecnologia, e transportar as crianças e jovens para uma dimensão diferente daquela a que estão acostumados. Com o passar do tempo, o Kamishibai da Santa Casa da Misericórdia de Galizes deixou de ser apenas apresentado em escolas, para ser apresentado em diferentes espaços com diferentes públicos, desde os mais novos aos mais velhos.

Provedor
Bruno Miguel Domingos Miranda

Morada
Rua da Misericórdia n.º 60 - Apartado 4
Galizes
3400-443 NOGUEIRA DO CRAVO OHP

Contactos
238670070/238671255

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook/Site
http://scmgalizes.com/v2/index.php

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me