Grupo de Cantares e Tunas

Associação do Grupo de Cantares Tradicionais “Cotovias do Alvoco”

Sediada na antiga Escola Primária da Junta de Freguesia deAlvoco das Várzeas, concelho de Oliveira do Hospital, a Associação do Grupo de Cantares Tradicionais "Cotovias do Alvoco", foi registada em "Diário da República" a 4 de Abril de 2005, pela iniciativa da então catequista Luciana Calado.
Este grupo de cantares é considerado um arquivo vivo do folclore da região, recolhendo canções populares, incluindo as cantadas à desgarrada nos campos, junto das pessoas mais idosas do Vale do Alva e do Alvoco.  ecupera lendas e tradições que, leva aos quatro cantos do país, onde toca e canta o vasto repertório de que dispõe. Atualmente, fazem parte do coro 27 cantadores e tocadores de várias gerações. Alguns estão desde a primeira hora, passando de crianças a adultos sem nunca terem abandonado o projeto.

Presidente
Acácio Marques Mendes

Morada
Av. Fronteira (antiga escolar primária)
3400 – 301 Alvôco de Várzeas

Contactos
Acácio Marques Mendes - 964 679 176

Email

Facebook

----------------------------------------------------------------------------------------------------


Grupo de Cantares da Casa do Povo de Nogueira do Cravo

Nogueira do Cravo é uma freguesia do concelho de Oliveira do Hospital, distrito de Coimbra. Situa-se a norte de Coimbra, quase no limite do distrito e bem pertinho da Serra da Estrela. Sendo sede de freguesia, a história de Nogueira do Cravo remonta ao século XII quando surge em registo no seu primeiro foral de maio de 1177, isto no tempo do nosso primeiro Rei D. Afonso Henriques e, portanto, da fundação da nossa nacionalidade.

Atualmente é a segunda maior freguesia do concelho de Oliveira do Hospital com 2327 habitantes e uma área geográfica de 14,92 km.

Com um património cultual diverso, são de destacar, entre outros:
- A Igreja Matriz;
- A casa do Penedo;
- O Pelourinho;
- Sepulturas Antropomórficas;
- A Linguagem dos Arguinas;
- Forte Associativismo.

A Casa do Povo de Nogueira do Cravo, foi fundada em 15 de setembro de 1934, muito por força e apoio de um ilustre Nogueirense também sobejamente conhecido no país, o Dr. António Madeira Tinoco que além da sua influência na época, cedeu ainda as instalações para o seu funcionamento provisório e mais tarde doou o terreno para a construção da sua sede definitiva e atual, na altura intitulada “O Lar dos Trabalhadores Humildes e Honrados”.

Foi desde a sua fundação uma coleticvidade de enorme importância para Nogueira do Cravo, servindo como embrião para todas as restantes coleticvidades da freguesia. No Desporto, cultura, formação, saúde e apoio social, a Casa do Povo esteve e continua ainda hoje presente, embora de forma
mais distante nos campos de atividade que, entretanto, se solidificaram e se tornaram coletividades autónomas, como o caso da Associação Desportiva Nogueirense que tem marcado presença nos campeonatos distritais e nacionais de futebol.

O nosso Grupo de Cantares foi fundado em 1994, após o desaparecimento do anterior Rancho Folclórico
da instituição e na sequência da entretanto melhorada Escola de Música, também da instituição.
Regista-se nessa data o aumento das capacidades e diversidade musical por parte de alguns nogueirenses, que impulsionam a evolução para a criação do Grupo de Cantares.
Desde aí até à data de hoje, este grupo tem-se apresentado um pouco por todo o país, com temas tradicionais Portugueses, melhorados e adaptados à nossa formação musical, sendo o nosso grupo totalmente amador, ideologia do que entendemos ser um Grupo de Cantares.

No ano de 2017 o grupo de cantares alcançou um sonho antigo com a gravação do álbum “O Gidaço”, com 10 temas de música tradicional portuguesa, sendo estes, Hino de Nogueira, Cavaleiro, Resineiro, Meu Barquinho, Noites de Luar, Cantarinhas, Linda Morena, Saudade, Casebre e Romarias.
A gravação deste disco decorreu sob a direção musical do maestro professor Miguel Tavares e com os apoios da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, Junta de Freguesia de Nogueira do Cravo e a Caixa de Crédito Agrícola.

Com 27 anos de existência, naturalmente com adaptações e alterações, continuamos com vontade de melhorar para oferecer aos nossos espectadores um momento cultural rico na divulgação do património musical popular e tradicional de Portugal, o qual agradecemos. Estamos sempre disponíveis para qualquer convite, contando com a efusiva participação do público.

Presidente
José Manuel Santos

Morada
Rua Dr. Tinoco nº19
3400 – 487 Nogueira do Cravo

Contactos
José Manuel Santos - 966618080
Andreia Fernandes - 963778378

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook
https://www.facebook.com/pages/Grupo-de-Cantares-da-Casa-do-Povo-de-Nogueira-do-Cravo

----------------------------------------------------------------------------------------------------


Grupo de Cantares da Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital

Criada em 5 de Outubro de 2011, a fim de promover o convívio e a troca de saberes de cidadãos com mais de 50 anos. "Porque o conhecimento não tem idade".
Composto por cerca de 33 elementos, o Grupo de Cantares é uma das ofertas curriculares da Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital. Este grupo deu o seu primeiro concerto no auditório da Casa da Cultura César de Oliveira, num serão de emoções.

Responsável
Fátima Inocêncio

Presidente
Carlos Carvalheira

Maestro
Márcio Silva

Morada
Casa da Cultura César de Oliveira
Rua do Colégio
3400-105 Oliveira do Hospital

Contacto
966118770

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook
https://www.facebook.com/UniversidadeSeniorOliveiraDoHospital

----------------------------------------------------------------------------------------------------

Grupo Feminino de Cantares da Nossa Aldeia

Presidente
Maria Clotilde Morais da Cruz Figueiredo Mendes

Maestrina
Ana Carina Reis

Morada
Rua do Edifício Social, n-º 12
3400-319 Alvoco das Várzeas

Contacto
964328405

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

----------------------------------------------------------------------------------------------------


Grupo Melodias e Tradições da Beira Serra

O Grupo de Melodias e Tradições Da Beira Serra tem como finalidade a recolha e divulgação da música e cantares tradicionais, visando ainda a animação social e cultural dos seus associados. A defesa do património natural, histórico, etnográfico e recreativo, nas áreas educativa, artística e
recreativa e por fim o intercâmbio associativo é outra da finalidades deste grupo.
São ainda propósitos desta associação os seguintes ponto: realizar formação musical e de canto; realizar programas de apoio à juventude e população em geral; desenvolver a propaganda e valorização de património artístico, etnográfico e folclórico com atividades recreativas e culturais; orientar visitas de estudo, passeios, excursões e viagens a locais de interesse educativo, bem como a organização de festas tradicionais e etnográficas, pretendendo contribuir para a preservação das manifestações folclóricas de caráter cultural e recreativo; criar e apoiar a organização de grupos artísticos, realizar de sessões recreativas, audições musicais e radiofónicas bem como espetáculos de teatro e cinema.

Presidente
Maria Graciosa

​Morada
Rua dos Olivais, 2b
3400 - 769 Vila Pouca da Beira

Contactos
Maria Graciosa - 965 463 464
Isilda Martinho - 967 843 578

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook

​----------------------------------------------------------------------------------------------------

Os Amigos de Lagos da Beira - Grupo Musical

“Os Amigos de Lagos da Beira – Grupo Musical” constitui-se legalmente a 24 de abril de 2012, sendo esta a nova designação do Grupo que, desde fevereiro de 2007, tem feito atuações e despertado muitas sensações e memórias em várias localidades.
Interpretando música tradicional e popular portuguesa, apresenta como fator diferenciador tocar e cantar muitos temas musicais originais de Lagos da Beira e do concelho de Oliveira do Hospital, sendo o primeiro CD, gravado em 2012, um excelente exemplo disso mesmo. Destaca-se igualmente o passado musical com raízes profundas na prestigiada Tuna que existiu em Lagos da Beira nas décadas de 30 e 40 do século passado, de cuja memória, temas e símbolos “Os Amigos de Lagos da Beira – Grupo Musical” se assume orgulhosamente como herdeiro e pretende reavivar e preservar.

Presidente
Susana Isabel Guilherme Neto

Morada
Rua D. Manuel I, 55
3405-270 Lagos da Beira

Contactos
Susana Isabel Neto - 919334370

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook
https://www.facebook.com/pages/Os-Amigos-de-Lagos-da-Beira-Grupo-Musical

----------------------------------------------------------------------------------------------------


Tuna e Cantares do Alva

Associação Progressiva de Santo António do Alva

A Tuna e Cantares do Alva foi fundada em Março de 1997 através da Escola de Iniciação à Música Tradicional Popular, criada um ano antes (1996) com a finalidade de ensinar jovens e adultos nos instrumentos tradicionais de cordas a fim de integrarem a Tocata do Rancho Folclórico.
Assim, alguns jovens de grandes ambições, juntamente com os elementos que compõem a Tocata do Rancho Folclórico, criaram a Tuna e Cantares do Alva (ao estilo das Tunas Académicas).
O repertório desta Tuna abrange Canções Portuguesas, o Cancioneiro Tradicional Português, o Mirandês, o Açoreano, temas de Tunas Académicas e ainda Canções de Espanha (mais propriamente da Tuna de Santiago de Compostela) e Canções Populares Mexicanas.
A Tuna e Cantares do Alva já atuou inclusive além fronteiras, mais precisamente em Bruxelas, para milhares de pessoas ma cidade de Estrasburgo. Outro grande evento desta Tuna foi a gravação em estúdio do primeiro CD e Cassete em Abril de 2001 que se encontra à venda.
Atualmente é constituído por 32 elementos que esperam, brevemente, passar a 40, com a passagem de novos executantes da Escola de Iniciação à Música Popular para a Tuna e Cantares do Alva.
As idades compreendidas dos seus elementos encontram-se entre os 14 e os 60 anos e dela fazem parte estudantes, trabalhadores e reformados.
Toda a base do instrumental desta Tuna são cordas - bandolins, bandola, guitarra portuguesa, violino, violas tradicionais, cavaquinhos - acompanhados por acordeãos, bombo, flautas de bisel e transversal e ferrinhos e um coro de vozes de ambos os sexos.

Presidente
José Francisco Ribeiro Lobo

Morada
Rua da Capela, nº1
3400 – 576 Santo António do Alva

Contacto
911 059 585

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook

----------------------------------------------------------------------------------------------------

Tuna de Cantares de Avô

A Tuna Cantares de Avô é composta por vários elementos com idades compreendidas entre os 12 e os 75 anos e é regida pela Maestrina. Nasceu do gosto e da vontade destes elementos em divulgar a música tradicional portuguesa, de forma a que as nossas raízes não se percam nos dias que correm.
Os elementos tocam vários instrumentos, entre eles: viola, cavaquinho, acordeão, concertina, bandolim, reco-reco, flauta de bisel, pandeireta e ferrinhos.
A Tuna têm cerca de 6 anos, está inscrita na INATEL e é uma coletividade com estatutos próprios e sem fins lucrativos.
Todos os elementos têm uma ligação familiar, vejamos: avós e netos; pais e filhos; conjugues; irmãos; cunhados e colegas de trabalho.
Ao longo destes anos, a Tuna Cantares de Avô tem feito várias atuações ao nível da região centro. Algumas destas atuações resultam da parceria com o INATEL e com a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. Contudo, destaca-se a viagem feita a França e à Suíça, no ano 2011, uma viagem que só foi possível com a boa-vontade de pessoas amigas, que contribuíram para a deslocação do grupo.

Presidente
Bruno Santos

Morada
Rua Viriato Trágico nº16
3400 – 382 Avô

Contactos
967601458

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Maestro
Ricardo Gonçalves

Dia do Ensaio
4.ª feira (de 15 em 15 dias)

Facebook
https://www.facebook.com/tunacantaresdeavo/

----------------------------------------------------------------------------------------------------


Tuna e Cantares da Associação dos Amigos de Meruge

A Tuna e Cantares foi criada como Secção Autónoma da Associação dos Amigos de Meruge em 1984, ano da sua primeira apresentação em público.
Desde então, o amor à música popular e a dedicação dos seus 25 componentes têm sido a pedra angular do seu permanente êxito e longevidade, traduzido na realização de centenas de espetáculos por todo o País, e uma brilhante atuação em França.
Presentemente, preparam a gravação do primeiro CD, que incluirá temas tradicionais com arranjos do Maestro Adriano Júlio e músicas que têm marcado desde a fundação o reportório da Tuna.

Presidente
Aníbal Correia

Morada
Rua da Marinheira, nº 6
3400 - 368 Meruge

Contactos
238 602 372
Anibal Correia - 917 046 036 | 960072468
Júlio - 960 072 468

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook

----------------------------------------------------------------------------------------------------


Tuna Penalvense

Sociedade Recreativa Penalvense

A Tuna Penalvense, um dos agrupamentos musicais mais antigos do concelho de Oliveira do Hospital, nasce da vontade de um grupo de penalvenses que, em 1937, funda a Sociedade Recreativa Penalvense. Este grupo mantém-se ativo até 1952/53, ressurgindo em 1982, pela vontade de um grupo de antigos tunos .
Em 2005, comemorando os 68 anos da sua fundação, a Tuna inicia um processo de renovação, no que diz respeito ao repertório, aos instrumentos utilizados e até aos próprios executantes. Tendo como principal objetivo proporcionar aos jovens deste meio o contacto com a música, assim como contribuir para a sua divulgação, a Tuna integra neste momento, sob a direção musical de Rui Marques, 25 instrumentistas, em Violino, Bandolim, Bandola, Bandoloncelo, Violoncelo, Guitarra Clássica, Guitarra Portuguesa, Viola Baixo, Contrabaixo e Flauta transversal. O trabalho desenvolvido pela Tuna Penalvense assenta apenas na música instrumental.
A Tuna Penalvense tem vindo a participar e organizar eventos, alargando a sua atuação através da colaboração com a Câmara Municipal ou com outros grupos musicais, com os quais mantém contacto e promove intercâmbios. Para além destes eventos, a Tuna mantém constante atividade, tendo-se apresentado em dezenas de atuações por todo o país, com maior incidência nos concelhos da região centro. Em 2012, assinalando o seu 75º Aniversário, edita o seu primeiro CD – Contrast(e)os.


Presidente
Sandra Maria Mendes Garcia


Morada
Rua Jogo da Bola, nº2
3400 – 557 Penalva de Alva

Contactos
Sérgio Minas - 917 663 996
Rui Marques - 968 590 047

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook
https://www.facebook.com/TRPenalvense


        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me