sexta, 20 maio 2022 16:33

Jornadas destacam literatura oral e tradicional

A cultura, a literatura, as tradições e a gastronomia regional estão em destaque de 26 a 28 de maio em Oliveira do Hospital, na iniciativa Letra a Letra – Jornadas da Literatura Oral e Tradicional, que inclui concertos noturnos com entrada gratuita.

O Letra a Letra – Jornadas da Literatura Oral e Tradicional decorre nos dias 26 e 27 de maio, em Vila Pouca da Beira, no Flag Hotel Convento do Desagravo, e no dia 28 na Biblioteca Ludoteca de Lagares da Beira.

É organizado pelo Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, com o apoio do Flag Hotel Convento do Desagravo, e decorre no âmbito do Projeto de Programação Cultural em Rede Tradição da Serra ao Mar, financiado na totalidade pelo Programa Operacional CENTRO2020, do Portugal2020, que tem o município Oliveirense como líder e os municípios de Cantanhede e Mortágua como parceiros.

Para a vereadora com o pelouro da Cultura da autarquia, Graça Silva, pretende-se que este evento “seja mais um contributo para a promoção da reflexão do papel da tradição e da literatura oral e tradicional na sociedade portuguesa e para aprofundar o conhecimento e o contacto com manifestações do património imaterial, como é o caso da gastronomia e dos produtos endógenos”.

O Letra a Letra - Jornadas de Literatura Oral e Tradicional é acreditado pelo CFAE Coimbra Interior - Centro de Formação de Associação de Escolas Coimbra Interior e vocacionado para educadores e professores do ensino básico e secundário. De igual modo, o evento foi planeado para investigadores e para o público geral que veja nesta temática um ponto de interesse.

O dia 26 de maio é dedicado ao tema “Contos, Rezas e Lendas”. O painel aborda temáticas no âmbito da tradição oral e o papel dos livros na eternização da mesma. À noite, é apresentado o espetáculo “Rezas, Benzeduras e Outras Cantigas”, de César Prata e Vânia Couto, às 21h30.

O dia 27 de maio é dedicado aos dialetos e línguas oficiais, com o Dialeto dos Arguinas “à conversa com” a Língua Mirandesa. O painel deste dia é integrado por especialistas concelhios que trabalharam o Dialeto dos Arguinas e especialistas da região de Miranda do Douro, entre eles, Duarte Martins, professor de Língua Mirandesa, com trabalho dedicado à recolha da Literatura Oral e Tradicional Mirandesa. A noite é dinamizada pelo grupo Galandum Galundaina.

O dia 28 de maio, último dia das Jornadas, decorre no espaço da Biblioteca Ludoteca de Lagares da Beira e é inteiramente dedicado à gastronomia, com a apresentação da Carta Gastronómica da Região de Coimbra. A fechar o Letra a Letra – Jornadas da Literatura Oral e Tradicional, decorre uma visita às Ruínas Romanas e ao Centro Interpretativo de Bobadela para formadores e formandos inscritos no evento.

As inscrições para os três dias da formação do Letra a Letra – Jornadas da Literatura Oral e Tradicional podem ser feitas até ao dia 23 de maio, aqui.  

Para assistir ao evento, deve inscrever-se aqui.

O Letra a Letra – Jornadas da Literatura Oral e Tradicional têm transmissão em direto via streaming, através da página oficial do projeto Tradição da Serra ao Mar, no Facebook 

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me