sexta, 26 novembro 2021 10:24

Município de Oliveira do Hospital celebra protocolo para implementação de “Condomínio de Aldeias”

 

O Município de Oliveira do Hospital foi contemplado com dois contratos de financiamento do "Condomínio de Aldeias – Programa de Apoio às Aldeias Localizadas em Territórios de Floresta" que tem como objetivo dar apoio e resiliência às aldeias localizadas em territórios vulneráveis de floresta.

Os dois projetos, que têm um financiamento no valor de 49 988,94 euros, atribuído a cem por cento, têm previstas intervenções nas aldeias de Parceiro e Gramaça.

O concelho de Oliveira do Hospital foi um dos mais afetados pelo incêndio de 15 e 16 de Outubro de 2017, tendo ardido quase a totalidade da sua área florestal e agrícola, bem como habitações permanentes e temporárias.

Todas as suas freguesias fazem parte da listagem das freguesias vulneráveis e as duas localidades – Parceiro e Gramaça – alvo desta candidatura, estão inseridas em freguesias tidas como prioritárias, nomeadamente São Gião e Aldeia das Dez, respetivamente.

A proposta de intervenção de “Condomínio de Aldeia”, para a gestão e ordenamento da Interface Urbano-Rural do Aglomerado Populacional do Parceiro e da Gramaça, tem como objetivo principal a execução de um conjunto de intervenções de adaptação às alterações climáticas na área envolvente aos dois aglomerados populacionais, através de ações de reconversão de espaços florestais e espaços agrícolas abandonados, com a criação de mosaicos de paisagem, criação de pomares agrícolas e de frutos silvestres garantindo deste modo a segurança de pessoas e bens e o fomento da biodiversidade.

As localidades do Parceiro e da Gramaça são aldeias de montanha, rurais e despovoadas, uma situação que tem vindo a piorar, após o incêndio de 2017, uma vez que existem agora zonas de matos contínuas, e se assiste ao aparecimento de invasoras lenhosas (Acacia spp.) bem como ao abandono quase total da agricultura de subsistência.

Aspetos que preocupam a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, liderada por José Francisco Rolo que esteve presente, em Arouca, na cerimónia de assinatura dos contratos de financiamento "Condomínio de Aldeias – Programa de Apoio às Aldeias Localizadas em Territórios de Floresta", presidida por João Paulo Catarino, Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território.

Para o autarca, depois de se assistir às consequências devastadoras, a curto, médio e longo prazo, do incêndio de 15 de outubro de 2017, este programa traz a possibilidade de contribuir para termos aldeias protegidas, e mais resilientes, e com futuro, dado que também incentiva os proprietários a assumir uma gestão ativa dos territórios rurais, através da manutenção dos terrenos garantindo a sua limpeza e promovendo uma ocupação do solo geradora de rendimentos; numa perspetiva colaborativa com as entidades locais.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me