quarta, 11 novembro 2020 14:28

Câmara Municipal assinou auto de consignação do Campus Educativo de Oliveira do Hospital

 

O Município de Oliveira do Hospital assinou esta segunda-feira, 9 de novembro, o auto de consignação para a construção do Campus Educativo de Oliveira do Hospital, com a empresa Fonseca & Fonseca.

Trata-se de uma obra com um custo estimado em cerca de 6,5 milhões de Euros e que envolve a construção do edifício e arranjos exteriores do Campus Educativo bem como a beneficiação de arruamentos na envolvente.

A infraestrutura, cuja construção tem um prazo de execução de 18 meses, irá acolher alunos do pré-escolar e do 1.º CEB e será “de longe a obra de maior volume financeiro que se realiza em Oliveira do Hospital, em todos os tempos” sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino dando conta este investimento de 6,5 milhões de euros implica um “esforço municipal de dois milhões”, valor significativo no orçamento municipal.

Na sessão explicou que só agora é possível avançar com a obra após ter conseguido financiamento comunitário, deixando por isso uma palavra de agradecimento à anterior e atual presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Abrunhosa e Isabel Damasceno, respetivamente.

Com o financiamento conseguido aliado ao esforço financeiro da autarquia, José Carlos Alexandrino não tem dúvidas é que esta obra tem uma finalidade, “construir uma escola moderna para os nossos alunos dando-lhes as melhores condições” de aprendizagem e segurança.

Em simultâneo a circulação de trânsito será requalificada imprimindo uma nova centralidade à cidade e o seu ordenamento. “Pela primeira vez se planificou a cidade por inteiro em termos de crescimento” numa visão a trinta anos, acrescentou o presidente da autarquia.

O presidente Alexandrino endereçou ainda um agradecimento público à família Homem de Melo que possibilitou a venda de terrenos a um “valor quase simbólico” permitindo assim a criação de uma avenida que ligará à Zona Industrial da cidade, que espera que venham também a ter apoio comunitário através do Plano de Recuperação e Resiliência.

Oliveira do Hospital ficará dotada com uma “unidade escolar das maiores que foram construídas no país” numa área de construção com cerca de seis mil metros quadrados como assinalou o arquiteto Carlos Santos que apresentou o projeto.

Situado em frente ao núcleo escolar, acrescentou o responsável pelo projeto que foi necessário “fazer um desenho de reestruturação do tráfico e criar bolsas de estacionamento para resolver as necessidades” do Campus.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me