good-review
Veja o que
temos a oferecer
Conhecer mais
destination
Vivencie a nossa
qualidade de vida
Conhecer mais
Serviços
map4
Visite o nosso
património classificado
Conhecer mais
bench
Aventure-se nos
percursos pedestres
Conhecer mais
compass
Explore a nossa
diversidade cultural
Conhecer mais
museum
Participe dos
nossos eventos
Ver Agenda
Bem-vindo
a Oliveira do Hospital
Conheça o município
Bem-vindo a
Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital é um dos mais belos concelhos do distrito de Coimbra e da Serra da Estrela.

Município de Oliveira do Hospital investe em segurança rodoviária com medidas de acalmia de tráfego

O Município de Oliveira do Hospital vai avançar a partir desta quarta feira, dia 6 de Setembro, com a implementação de algumas medidas de acalmia de tráfego.

Estas intervenções, que representam um investimento de cerca de 16 mil euros na melhoria das condições de segurança rodoviária, vão ocorrer em duas zonas da principal artéria de entrada e saída da cidade de Oliveira do Hospital – a avenida Dr. António Afonso Amaral –, na rua António Nobre, junto ao entroncamento do jardim de infância nº 3 e, ainda, na EM 509, junto à urbanização Caeiro da Mata.

De entre o conjunto de medidas de acalmia de tráfego, destacam-se a colocação de balizas flexíveis, prolongamento de traços contínuos e colocação de almofadas redutoras de velocidade ao longo do eixo da via, por forma a forçar os automóveis a desacelerarem.

Sublinhando que em Portugal o excesso de velocidade é considerado como uma das principais causas de morte na estrada, o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, frisa que, nesta primeira fase, estas medidas de acalmia de tráfego vão permitir reduzir a velocidade dos automóveis em três pontos críticos da cidade de Oliveira do Hospital.

O autarca não deixa também de fazer um apelo aos automobilistas, no sentido de os sensibilizar para a adoção de boas práticas que promovam a segurança rodoviária.

Aproveitando a campanha de comunicação recentemente lançada pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, José Francisco Rolo refere que temos que dar prioridade à vida porque na estrada todo o cuidado é pouco”.

Prevê-se que estas intervenções, que deverão decorrer num prazo máximo de 15 dias, possam causar alguns condicionalismos de trânsito, apelando-se por isso à colaboração e compreensão dos munícipes.

Bem vindo