good-review
Veja o que
temos a oferecer
Conhecer mais
destination
Vivencie a nossa
qualidade de vida
Conhecer mais
Serviços
map4
Visite o nosso
património classificado
Conhecer mais
bench
Aventure-se nos
percursos pedestres
Conhecer mais
compass
Explore a nossa
diversidade cultural
Conhecer mais
museum
Participe dos
nossos eventos
Ver Agenda
Bem-vindo
a Oliveira do Hospital
Conheça o município
Bem-vindo a
Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital é um dos mais belos concelhos do distrito de Coimbra e da Serra da Estrela.

Marchas Populares de Oliveira do Hospital realizam-se no próximo sábado com mais de mil participantes

Oliveira do Hospital prepara-se para acolher mais uma edição das Marchas Populares no próximo sábado, 20 de junho, a partir das 20:30 horas no Parque do Mandanelho.

Três marchas infantis e seis marchas seniores do concelho prometem uma noite de festa, muita cor e alegria. A estas juntam-se ainda duas convidadas: a Marcha da Barqueira (Taveiro) que pela primeira vez se apresenta neste concelho e a Marcha de Alfama, já conhecida do público oliveirense e que pelo quarto ano consecutivo vem apresentar-se em Oliveira do Hospital.

Aos mais novos cabe-lhes a honra de abrir a noite sendo que este ano três instituições – Casa da Obra D. Josefina da Fonseca; Centro Social e Paroquial do Seixo da Beira e Fundação Aurélio Amaro Dinis – aceitaram o desafio proposto pela Câmara Municipal e vão trazer as suas crianças para marchar e encantar o público presente.

A noite irá prosseguir com a apresentação das marchas seniores, seis no total, e que vão trazer um espetáculo de música e alegria recheado de surpresas, como já têm habituado o público. São elas: marcha da Arcial; marcha do Rancho Folclórico de Lagares da Beira; marcha da Junta de Freguesia de Meruge e Associação para o Desenvolvimento Social e Cultural do Vale do Cobral; marcha da Associação Cultural e Recreativa de Lagares da Beira; marcha de Avô; e a Epto Marcha, da escola profissional EPTOLIVA, estreante neste evento.

Para acompanhar os marchantes, o evento conta com o envolvimento das quatro filarmónicas do concelho – de S. Gião, de Avô, de Aldeia das Dez e de Ervedal da Beira.

No próximo sábado todos os caminhos irão dar ao Parque do Mandanelho onde está garantida a comemoração dos santos populares e onde não vão faltar os produtos mais típicos desta época nas tasquinhas distribuídas pelo espaço. “Venha ao bailarico, à sardinhada e ao manjerico” é o convite que se dirige ao público.

As Marchas Populares são uma organização da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que procura promover as tradições populares tendo em conta a importância social e histórica deste evento, já enraizado no seio das comunidades em que se integram as coletividades de cultura e recreio que as organizam, bem como o incentivo aos criadores artísticos para a promoção da região.

Tal como nos anos anteriores, espera-se uma enchente de público no Parque do Mandanelho para assistir a este grandioso espetáculo popular, que envolve perto de um milhar de pessoas de todas as idades, entre marchantes, figurantes e músicos, das onze marchas participantes nesta noite que antecede as comemorações do S. João.

Na conferência de imprensa de apresentação do evento, que decorreu no Parque do Mandanelho, a vereadora da Cultura, Graça Silva elogiou o empenho de todas as entidades envolvidas “sem a vossa colaboração não bastaria à Câmara Municipal fazer as marchas. Elas existem graças ao vosso trabalho”, frisando que “ano após ano tem havido uma melhoria e preocupação em enriquecer não só visualmente, pelos trajes, mas também pela coreografia, pela forma como entram neste recinto e pela alegria que transmitem”.

Graça Silva sublinha que “é uma edição que nos deixa a todos muito satisfeitos”, e convida o público para assistir a este grande espetáculo que envolve um milhar de pessoas. “As marchas de Oliveira do Hospital têm fama, bom nome e são referência” na região, acrescenta a responsável.

Nesta apresentação, que contou com a presença dos representantes das marchas e filarmónicas participantes, o vice-presidente da autarquia, José Francisco Rolo, destacou a “grande mobilização de vontades e o grande trabalho que aqui está” cujo objetivo “é fazer uma grande festa de afirmação da cultura de raiz popular de Oliveira do Hospital” e firmou dois desejos, “que este parque esteja cheio de pessoas e famílias e que se divirtam num momento com brilho, alegria e música” e que “todas as marchas e filarmónicas brilhem pelo valor da festa e pela satisfação de estarem a participar num evento de afirmação” das suas instituições e do concelho.

José Francisco Rolo adiantou ainda que no âmbito da comemoração do Dia Municipal para a Igualdade (21 de junho) serão lançados 300 balões que visam lembrar “todas as mulheres e homens que sofrem qualquer tipo de violência”.

Bem vindo