segunda, 22 março 2021 11:23

Conselho Local de Ação Social de Oliveira do Hospital focado nas respostas às famílias nesta fase da Pandemia

 

O Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Oliveira do Hospital reuniu, dia 17 de março de forma presencial no salão nobre dos Paços do Município e por videoconferência, para debater e aprovar o Plano de Ação da Rede para 2021.

O documento, agora aprovado por todos os parceiros com assento neste órgão local, foca-se em dois eixos prioritários, em muito influenciados pela atual situação pandémica que atravessamos.

Assim, são de relevo, dois aspetos: o apoio às famílias em situação de pobreza e exclusão social de que é sempre concretizado forma integrada pelas várias entidades envolvidas nesta área; e o apoio às instituições e acompanhamento do trabalho desenvolvido no terreno nas condições atuais.

Na reunião foram também aprovadas as alterações ao Plano de Ação do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS-4G) de Oliveira do Hospital dado que foi necessário proceder a ajustamentos das intervenções a realizar por força da pandemia da Covid-19.

Os representantes das entidades parceiras do CLAS aprovaram ainda um voto de pesar pelas vítimas mortais da Covid-19 no concelho.

E foi igualmente aprovado um voto de louvor e reconhecimento a todas as entidades locais, das diversas áreas como as IPSS, a Saúde, os Bombeiros e a Proteção Civil, Projetos e entidades com intervenção social comunitária, entre outras, que têm estado neste último ano na linha da frente a apoiar os munícipes oliveirenses que contraíram o vírus, e que nos Lares ou em Apoio Domiciliário têm cuidado da população mais idosa e vulnerável.

Da ordem do dia da reunião, além da partilha de informação sobre as respostas sociais à população e dados pertinentes relacionados com a Rede Social, constou também a recolha de contributos para o Plano de Ação da Equipa de Saúde Mental Comunitária (ESMC), no que constitui um documento dinâmico para responder às necessidades concelhias nesta área.

A presidir à reunião do CLAS, José Francisco Rolo, vice-presidente e vereador do pelouro da Ação Social, refere que “este é o segundo momento difícil que estamos a viver, em que todos temos que nos manter unidos nos esforços para proteger as pessoas e responder a necessidades que surgem todos os dias; depois dos incêndios de 2017 e do esforço que tivemos que fazer para recuperar o concelho e ajudar o retomar da vida por parte das pessoas, temos agora os impactos da Pandemia que tem vindo a afetar as nossas vidas desde 2020 até ao presente, e que tem constituído um grande desafio para todas as entidades – temos todos sabido estar presentes, na primeira linha, para apoiar em todas as frentes em que somos requeridos e a palavra de ordem até que termine mais esta tormenta é estar ao lado da população mais vulnerável a cuidar e a proteger, a apoiar as famílias, atentos às questões da educação, atentos às questões da empregabilidade, porque este é o tempo da solidariedade.

” Neste encontro do Conselho Local de Ação Social foi exibida a bandeira verde - “Autarquia + Familiarmente Responsável 2020” - galardão atribuído pelo sexto ano consecutivo ao nosso concelho pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR) e que visa galardoar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de apoio municipal às famílias.

Oliveira do Hospital recebeu, assim, a bandeira com palma, que se destina às autarquias que conquistaram este prémio por três ou mais anos consecutivos.

A atribuição desta distinção resulta da avaliação feita pelo OAFR a todo um conjunto de políticas familiarmente responsáveis em 11 áreas de atuação, que a autarquia oliveirense tem vindo a implementar com reconhecida distinção nos últimos anos.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me