terça, 19 maio 2020 11:19

Município de Oliveira do Hospital entrega kit de máscaras à população

 

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital iniciou, esta segunda-feira, a distribuição de um kit com máscaras cirúrgicas e comunitárias a toda a população.

A ação teve o seu arranque em Póvoa de S. Cosme, na União de Freguesias de Ervedal da Beira, e em Vale Torto, na Freguesia de Seixo da Beira, com a participação do presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino e dos seus vereadores bem como dos respetivos presidentes das Juntas de Freguesia.

Cada kit é constituído por uma máscara cirúrgica de utilização única, e duas máscaras comunitárias, laváveis, devidamente certificadas pelo CITEVE - Centro Tecnológico das Indústrias do Têxtil e do Vestuário, e será distribuído em todas as freguesias com a estreita colaboração das Juntas de Freguesia.

Em causa está um investimento de cerca de 50 mil euros. Para o arranque desta ação foram escolhidas duas das aldeias mais isoladas do Município de Oliveira do Hospital com uma população maioritariamente idosa, uma “escolha simbólica” como fez saber o presidente da autarquia José Carlos Alexandrino porque “o que queremos é proteger as pessoas”.

“Esta ação é para que as pessoas se protejam e queremos demonstrar que a Câmara Municipal está pela defesa dos seus cidadãos principalmente os mais vulneráveis”, acrescentou dando conta que serão distribuídas nesta primeira fase 28 mil máscaras, um número que deverá ascender a cerca de 42 mil no total.

Um “trabalho que estamos a desenvolver em conjunto com os presidentes de Junta de Freguesia que as vão distribuir pela população porque queremos que estes kits cheguem às casas que estão habitadas e eles são os que melhor conhecem os seus territórios”, assinalou José Carlos Alexandrino.

O autarca sublinha também que a escolha de duas das aldeias mais isoladas do concelho para o início da distribuição destes kits se prende com um claro sinal que a autarquia quer transmitir que “olha por todos, principalmente pelas pessoas mais idosas e não deixa esquecidas as localidades onde a população é menor”.

No dia em que inicia a segunda fase de desconfinamento, o presidente do Município de Oliveira do Hospital mostra-se esperançado de que o processo decorrerá da melhor forma e deixa um “apelo à responsabilidade de cada um” no cumprimento das regras para um regresso à vida com a normalidade que é possível nestes tempos de pandemia da Covid-19.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me