terça, 10 março 2020 18:18

Município de Oliveira do Hospital recomenda prudência na organização de eventos públicos e de massas

 

Portugal permanece numa situação de introdução múltipla e transmissão local limitada relativamente à infeção pelo novo Coronavírus.

Tendo em conta o risco de eventos de massas no contexto do surto de COVID-19, o Município de Oliveira do Hospital apela a todos os promotores de eventos; participantes em eventos e população em geral para respeitarem as orientações que vão sendo emanadas pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

A Orientação n.º 007/2020, de 10/03/2020, da DGS - Recomendações para eventos públicos e eventos de massas -, em que se considera que os eventos de massas podem contribuir para aumentar a propagação da infeção, e tendo como prioridade a proteção da saúde pública, pretende antecipar e implementar as medidas e ações adequadas de prevenção e intervenção no âmbito da infeção pelo novo Coronavírus SARS-COV-2 (COVID-19).

Ainda de acordo com a mesma orientação da DGS, “com efeito, o cancelamento ou adiamento de eventos de massas que, pelo seu número de participantes, proveniência dos mesmos ou condições de realização, sejam susceptíveis de gerar riscos inadequados, pode ser implementado nas fases iniciais de uma ameaça epidémica, especialmente quando o número de casos confirmados é ainda reduzido.

A evidência aponta para uma maior efetividade destas decisões na fase atual, e não em fase mais tardia.

O cancelamento ou adiamento de eventos de massas não deve ser encarado com alarmismo, mas sim com a prudência e a responsabilidade que a todos se exige neste momento.

Reconhece-se o potencial impacto social e económico destas decisões, pelo que a sua manutenção e duração deve ser permanentemente avaliada, acompanhando-se a evolução do conhecimento sobre o comportamento da COVID-19, tendo em conta a situação epidemiológica local, regional e nacional.”

Para além das Orientações da DGS, recomendamos que para a organização de qualquer evento Cultural, Desportivo ou outro, como forma cautelar, sejam consultados os serviços de saúde local e de saúde pública.

Adicionalmente deixamos alguns conselhos úteis aos organizadores do evento:

– Recomendar, de forma ativa e com ampla divulgação, ao público e aos trabalhadores do evento para não comparecerem se estiverem doentes ou se estiveram em contacto com um caso confirmado de COVID-19 ou se estiveram numa área com transmissão comunitária ativa, nos últimos 14 dias;

– Garantir a existência de um plano de contingência e a sua atualização. Este plano deverá contemplar o diagnóstico e encaminhamento de casos suspeitos de COVID-19 durante o evento a articular com os serviços de saúde local e de saúde pública;

Consciente da gravidade desta epidemia, a O Município de Oliveira do Hospital apenas pretende sensibilizar para a importância da forma responsável, ativa e equilibrada com que as pessoas e instituições devem atuar de modo a não contribuir para a propagação do vírus, retransmitindo as recomendações emanadas pela Direção Geral de Saúde (DGS).

 

Mais informações em www.dgs.pt

Cookies

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me