terça, 24 setembro 2019 16:48

Município de Oliveira do Hospital apoia escolas com o projeto “Escola + Feliz”

 

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital investe, uma vez mais, no apoio às famílias e à escola pública através do projeto “Escola + Feliz”, disponibilizando uma equipa multidisciplinar que irá acompanhar os alunos, ao longo do ano letivo 2019/20, em articulação com os serviços e intervenções do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH) e da Eptoliva.

A equipa multidisciplinar que dará continuidade ao projeto “Escola + Feliz” foi apresentada, esta segunda-feira, numa reunião de trabalho que decorreu nos Paços do Município com a presença do presidente da autarquia, José Carlos Alexandrino, do vereador da Ação Social e presidente da CPCJ concelhia, José Francisco Rolo, e da vereadora da Educação, Graça Silva, bem como dos representantes das direções do AEOH e da Eptoliva.

Constituída por técnicos de várias áreas – duas psicólogas, uma terapeuta da fala e uma assistente social – a equipa multidisciplinar tem coordenação da Câmara Municipal representando um claro investimento da edilidade no apoio às famílias e à escola pública ao assumir a continuidade do projeto “Escola + Feliz”.

Desenvolvido pelo sétimo ano consecutivo, atua primordialmente numa vertente de prevenção e acompanhamento com vista à promoção do sucesso escolar dos alunos, trabalhando em articulação com os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) das escolas.

Um projeto que vem sendo reconhecido como uma mais valia pelas escolas, com os elementos das direções do AEOH, Artur Abreu, e da Eptoliva, Daniel Costa, a congratular o trabalho desenvolvido pela equipa técnica e a sublinhar a boa articulação entre os técnicos e os SPO.

Outro aspeto valorizado pelos responsáveis é a integração de um terapeuta da fala na equipa, colmatando a lacuna que as escolas vêm sentindo nos últimos anos. Como foi apresentado na sessão, combater o insucesso escolar, potenciar interesse pela escola, e realizar ações formativas na área da parentalidade são alguns dos objetivos do “Escola + Feliz”, assentes em diferentes estratégias como a criação de hábitos de estudo, a prevenção de comportamentos de risco, e a promoção do envolvimento dos pais na escola e no acompanhamento dos seus educandos em casa.

Na reunião, a responsável pelo pelouro da Educação, Graça Silva, adiantou ainda que estão a ser preparados novos projetos relacionados com a orientação da vocação profissional, em complementaridade com a oferta das escolas.

O vereador da Ação Social, José Francisco Rolo, realça “de entre as grandes virtudes desta intervenção, é o facto de fazer a articulação desde o pré-escolar ao ensino secundário, ligando IPSS/pré-escolar, escola pública e escola profissional e quem nestes espaços faz o acompanhamento, orientação e dá apoio aos alunos – é um programa chave no investimento em educação no concelho”.

No encerramento da sessão, o presidente da autarquia frisou a importância deste projeto, nascido na área da ação social e que abrange a área da educação, e cuja pertinência vem sendo consolidada ano após ano, encontrando-se comparticipado em 85% no âmbito do financiamento para o abandono e insucesso escolar conseguido pela CIM Região de Coimbra no quadro 2020. “Fazemos um esforço para ter um ensino de qualidade e não há dúvida de que ele existe em Oliveira do Hospital.

Porque a educação é o fator que faz a diferença na transformação na sociedade”, defendeu José Carlos Alexandrino que deseja que a equipa que se prepara para dinamizar o “Escola + Feliz” “se entusiasme com projeto que tem muito de motivacional. Hoje, os desafios e os problemas dos alunos e das escolas não são os mesmos e por isso se resolvermos alguns problemas é muito bom”, acrescentou.

Cookies

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me