good-review
Veja o que
temos a oferecer
Conhecer mais
destination
Vivencie a nossa
qualidade de vida
Conhecer mais
Serviços
map4
Visite o nosso
património classificado
Conhecer mais
bench
Aventure-se nos
percursos pedestres
Conhecer mais
compass
Explore a nossa
diversidade cultural
Conhecer mais
museum
Participe dos
nossos eventos
Ver Agenda
Bem-vindo
a Oliveira do Hospital
Conheça o município
Bem-vindo a
Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital é um dos mais belos concelhos do distrito de Coimbra e da Serra da Estrela.

CPCJ de Oliveira do Hospital adere ao projeto nacional “Tecer a Prevenção”

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Oliveira do Hospital promoveu esta segunda-feira, o debate/mesa redonda “Tecer a Prevenção, Alargar a Prevenção” com a presença de Fátima Duarte, da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco.

O encontro, que contou com a presença de profissionais e representantes de vários setores da comunidade local, marcou a adesão de Oliveira do Hospital ao projeto nacional, “Tecer a Prevenção” que visa a dinamização das Comissões de Proteção na Modalidade Alargada.

A CPCJ de Oliveira do Hospital aceitou o desafio e prepara-se agora para desenvolver este projeto no sentido de “envolver a comunidade e todos os atores da comunidade para criar sucessivos anéis de sinalização que constituam simultaneamente anéis de prevenção e proteção dos direitos da criança”, explicou José Francisco Rolo, presidente da CPCJ de Oliveira do Hospital.

No “dia zero que marca o arranque deste projeto”, José Francisco Rolo deu também a conhecer o número de processos ativos que estão a ser acompanhados pela CPCJ, 78 no total, para sublinhar que “não estamos preocupados com o número de processos mas com as problemáticas e com a capacidade especializada de lidar com as crianças e as famílias”.

Sendo certo que estes números são demonstrativos da capacidade da Comissão para lidar com os casos, o também vice-presidente da autarquia referiu, “o que nos preocupa é a ocultação de qualquer situação de risco ou de perigo” e por esse motivo tem sido promovido um esforço no sentido de abrir a CPCJ “à comunidade para potenciar a desocultação de qualquer situação de risco ou de perigo”.

É na escola que encontram um forte parceiro porque se tem constituído como o principal polo sinalizador de casos de risco sendo que o absentismo e o abandono escolar são as principais questões “que mais nos têm preocupado. É com estas questões que temos de lidar e por isso temos de reforçar os meios de prevenção”.

É neste contexto que Oliveira do Hospital quer tecer e fortalecer as malhas da prevenção conseguindo “novos aliados e novos reforços na comunidade para que possamos alargar e reforçar a proteção”, frisou José Francisco Rolo.

A oradora convidada, Fátima Duarte explicou a génese e as fases do “Tecer a Prevenção”, um projeto “de mudança que envolve a comunidade e faz com que ela comece a perspetivar a prevenção com outros olhos”.

A especialista congratulou a CPCJ de Oliveira do Hospital pela “ideia de lançar o projeto num encontro com a comunidade” permitindo a partilha e a reflexão. “Acho uma ideia muito feliz porque o projeto vai ser isso”, acrescentou, frisando que Oliveira do Hospital é “uma comissão que sabe trabalhar e que trabalha bem”.

Esta mesa redonda contou com a presença de outros oradores, como a vereadora da Educação, Graça Silva que abordou alguns projetos e intervenções implementadas na escola, como o “Escola + Feliz” ou o reforço de uma equipa multidisciplinar, bem como o Projeto Educativo Local que traçou o diagnóstico do território educativo do concelho.

O diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Carlos Carvalheira, saudou a realização deste encontro que abordou “questões pertinentes que merecem toda a atenção” e disponibilizou-se para colaborar, entendendo que “a escola tem de se abrir e estar solidária com todas as situações” colocando o enfoque no “regresso da autoridade à escola, para que possa haver mais disciplina”.

Ana Paula Neves, presidente da CPCJ de Tábua partilhou, com a audiência presente, a experiência do concelho vizinho onde o projeto “Tecer a Prevenção” já se encontra a decorrer.

Após este primeiro encontro público que marca a adesão ao projeto “Tecer a Prevenção” no concelho de Oliveira do Hospital, o mesmo já está em marcha, tendo decorrido as primeiras reuniões de trabalho que envolvem a comissão restrita e a comissão alargada.

Bem vindo