Pousada de Santa Bárbara

 

DESIGNAÇÃO

         Pousada de Santa Bárbara

 

CATEGORIA/TIPOLOGIA

Arquitetura Civil / Pousada

 

LOCALIZAÇÃO

DIVISÃO ADMINISTRATIVA

Coimbra / Oliveira do Hospital/ Lagos da Beira e Lajeosa

LOCAL

           Póvoa das Quartas

 

PROTEÇÃO

SITUAÇÃO ATUAL

Classificado

CATEGORIA DE PROTEÇÃO

Classificado como Imóvel de Interesse Público (IIP)

CRONOLOGIA

 

Portaria n.º 740-AG/2012, DR, 2.ª série, n.º 248 (suplemento), de 24-12-2012 
Edital de 24-05-2005 da CM de Oliveira do Hospital 
Despacho de homologação de 3-02-2005 da Ministra da Cultura 
Despacho de concordância de 27-01-2005 do presidente do IPPAR 
Parecer favorável de 25-11-2004 do Conselho Consultivo do IPPAR 
Proposta de 18-02-2004 da DR de Coimbra para a classificação como IIP 

 

Edital de 13-05-2003 da CM de Oliveira do Hospital 
Despacho de abertura de 1-10-2022 do vice-presidente do IPPAR 
Proposta de 26-09-2002 da DR de Coimbra para

 

a abertura da instrução do processo de classificação 
Proposta de classificação de 12-08-2002 de particular

ZEP

Devolvida em 3-04-2013 à DRC do Centro para reanálise 
Despacho de 17-11-2011 do diretor do IGESPAR, I.P. para publicar a classificação e só depois retomar a ZEP 
Proposta de 28-09-2011 da DRC do Centro 
Despacho de homologação de 3-02-2005 da Ministra da Cultura 
Despacho de concordância de 27-01-2005 do presidente do IPPAR 
Parecer de 25-11-2004 do Conselho Consultivo do IPPAR a recomendar a delimitação de uma ZEP

 

NOTA HISTÓRICO-ARTÍSTICA

Integrada no plano das novas pousadas, dirigido pelo Ministério das Obras Públicas e com a colaboração da Secretaria de Estado da Informação e Turismo, a Pousada de Santa Bárbara tem encomenda de 1955 e projeto arquitetónico datado de 1958, contudo a obra só é concluída em 1971.

 

 

Implantado num terreno em declive, o edifício joga com a excelente posição panorâmica e orientação solar, apresentando-se todas as dependências principais (salas e quartos de hóspedes) voltadas a sul. Da implantação no declive da encosta resulta uma planta de três pisos, sendo o primeiro piso destinado aos serviços, o segundo (e principal) destinado a salas de jantar, estar, e de música. Contíguos à última sala foram previstos dois quartos com versatilidade maior ao ponto de poderem constituir alojamento independente.

 

 

A zona de vestíbulo e receção situam-se em cota mais elevada e alargam-se para uma sala de estar ampla que abre para a encosta sobre a forma de terraço. Ainda nesta cota elevada surge o acesso ao terceiro piso reservado aos catorze quartos (nove deles com varanda panorâmica independente).

 

 

Manuel Tainha projeta o edifício da pousada de Santa Bárbara como elemento de valorização paisagística, de diálogo entre homem e natureza, mas não apenas numa vertente lúdica ou apaziguadora. A forma como o edifício se molda e encaixa na topografia, a preocupação com o emprego de materiais da região, são elementos que concorrem para a valorização de um edifício que encerra o programa do Inquérito à Arquitetura Regional Portuguesa (1955), ou seja, a redescoberta do ofício de arquiteto: valor da tradição, apreço pelos materiais e técnicas de construção moderna em harmonia com o imaginário local.
Sandra Vaz Costa
Setembro 2005

 

 

in http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/330634

Additional Info

  • Latitude: 40.3627651
  • Longitude: -7.80312
  • Morada: Estrada Nacional 17, Póvoa das Quartas, 3405-281 Oliveira do Hospital

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me