sexta, 22 setembro 2017 13:38

Projetos de intervenção “Escola Feliz” e “Escola + Feliz” Município de Oliveira do Hospital apoia alunos no regresso às aulas

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital investe, uma vez mais, no apoio às famílias e à escola pública através do projeto “Escola + Feliz”, disponibilizando uma equipa multidisciplinar que irá acompanhar os alunos, ao longo do ano letivo, em articulação e complemento com os serviços e intervenções do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH).

A continuidade do projeto “Escola + Feliz” foi apresentada na semana passada durante uma reunião entre os responsáveis da autarquia e do Agrupamento, com a presença da equipa multidisciplinar – constituída por dois psicólogos e uma assistente social – que pelo quinto ano letivo consecutivo vai desenvolver este projeto no terreno, trabalhando em articulação com os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) do AEOH. É através do SPO que é feita a sinalização dos alunos que precisam deste apoio do projeto “Escola + Feliz”, que trabalha primordialmente numa vertente de prevenção, junto dos alunos do 1.º CEB com vista à promoção do sucesso escolar.

Também na semana anterior, antes do início do ano letivo 2017/2018, foi dinamizada mais uma edição do projeto “Escola Feliz” que tem como objetivo consolidar aprendizagens e preparar os alunos, que foram acompanhados ao longo do ano letivo transato, para o regresso às aulas. Desenvolvido desde 2012 por uma equipa multidisciplinar do Município de Oliveira do Hospital com a parceria da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Oliveira do Hospital, do Agrupamento de Escolas, Associação de Pais, entre outras entidades, o programa tem-se distinguido pelo sucesso e avaliação positiva dos participantes e dos respetivos encarregados de educação.

O projeto “Escola Feliz” 2017 dirigiu-se aos alunos que frequentam o 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico e que apresentaram, ao longo do ano letivo transato, dificuldades no processo de aprendizagem bem como na adaptação ao contexto escolar. Refira-se que este projeto lúdico-pedagógico assume-se como uma participação ativa e motivadora no processo educativo destas crianças, de modo a desvanecer a desmotivação, o desinteresse e a angústia que muitas delas trazem consigo no início de cada ano letivo, e em simultâneo possibilitar experiências que promovam, de forma lúdica, a consolidação dos conteúdos escolares, preparando para o regresso às aulas ao nível da aprendizagem e da adequação comportamental ao contexto de sala de aula.

A edição 2017 do projeto envolveu 50 alunos, com idades entre os 6 e os 12 anos, que ao longo de uma semana participaram em atividades pedagógicas de desenvolvimento de competências como o raciocínio, a memória, a criatividade ou a concentração, mas também outras iniciativas com vista à aprendizagem de novos conhecimentos. São exemplos uma visita aos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital e em especial à sua Escolinha de Bombeiros, a um espaço de restauração, ao tribunal da cidade e ainda outras atividades sobre questões atuais de cidadania, como a visualização de um filme sobre o bullying ou jogos relacionadas com a igualdade de géneros. A semana terminou com atividades desportivas no Parque Senhora dos Verdes em Gouveia.

Os participantes fazem uma avaliação positiva, bem evidente na motivação e interesse que foram demonstrando nas diversas atividades dinamizadas ao longo da semana. Foi notória a satisfação sendo que esse empenho e interesse ficou patente no último dia em que todas as crianças se despediram mostrando clara vontade de continuar. Também no que diz respeito aos encarregados de educação e famílias é de salientar a avaliação positiva que fazem do projeto, e o seu envolvimento com a preocupação de dialogar com os técnicos da equipa procurando saber como tinha corrido cada um dos dias do projeto, encarando-o como uma mais valia.

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me