segunda, 10 julho 2017 14:58

Bandeira Praia Acessível foi hasteada em Avô e S. Sebastião da Feira

 O dia 4 de julho ficou marcado, no Município de Oliveira do Hospital, pela entrega do galardão “Bandeira Praia Acessível” a mais duas praias fluviais do concelho – Avô e São Sebastião da Feira – que foram hasteados na presença das comunidades locais e representantes das diversas entidades concelhias e nacionais envolvidas neste processo de qualificação dos espaços.

Sebastião da Feira é a mais recente praia fluvial classificada do concelho que, dotada de todas as condições necessárias, passa também a ostentar a Bandeira Praia Acessível. “Um dia de regozijo com mais um objetivo alcançado” como assinalou Rui Coelho, presidente da União de Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, que agradeceu o empenho e apoio da Câmara Municipal no processo de classificação desta praia, “é com grande satisfação que conseguimos este objetivo que já perseguíamos há alguns anos e são estas notas diferenciadoras que fazem com que a beleza do vale do Alva se projete para o exterior”.

 

 

Momentos antes, tinha sido também a presidente da Junta de Freguesia de Avô, Vanessa Fernandes a manifestar que a renovação da atribuição da Bandeira Praia Acessível à praia fluvial é um “orgulho para todos nós. Temos trabalhado para cada vez mais termos condições e fazer desta praia cada vez mais acessível a todos”.

Também o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, que ouviu o agradecimento dos autarcas das juntas de freguesia pelo apoio sempre disponível da edilidade, sublinhou todo o trabalho que tem sido concretizado nestes dois espaços balneares que demonstram bem que “o país é mais do que o litoral. No concelho de Oliveira do Hospital, o vale do Alva é dos sítios mais bonitos em termos de paisagem natural” que se tem vindo a potenciar, dentro do que é a estratégia de marketing concelhia, que visa convidar as pessoas “a virem descobrir o nosso concelho nas suas diferentes vertentes, como a paisagem e a gastronomia”.

Referindo-se à praia fluvial de Avô, o autarca congratulou-se pela atribuição do prémio “Praia + Acessível 2016” pelo Instituto Nacional para a Reabilitação que, com o patrocínio da Mobilitec, entregou uma cadeira de praia destinada a melhorar as condições de acessibilidade da praia. “Com esta oferta o espaço fica ainda mais completo porque o que queremos é que todos tenham possibilidade de usufruir do espaço balnear”, disse.

Já em S. Sebastião da Feira, José Carlos Alexandrino notou que o espaço balnear já oferecia “um conjunto de condições que agora foi melhorado. Está aqui um bom trabalho, muito bem conseguido e por isso, é merecido este reconhecimento como praia acessível”.

A acompanhar as sessões estiveram Nelson Silva, da Agência Portuguesa do Ambiente/ARH Centro; Humberto Santos, presidente do Instituto Nacional para a Reabilitação; e Manuel Rodrigues, diretor geral da Mobilitec que foram unânimes em destacar a beleza paisagística e a qualidade das duas praias fluviais. Nas suas opiniões, são merecedoras da atribuição, em tempo próximo, de um novo galardão que as potencie ainda mais, reportando-se à Bandeira Azul. “São espaços que marcam a diferença e que ficam cada vez mais acessíveis a todos independentemente das características de todos nós”, realçaram.

As cerimónias públicas do hastear das bandeiras “Praia Acessível” em Avô e S. Sebastião da Feira foram seguidas de perto pelos utentes da ARCIAL e da Santa Casa da Misericórdia de Galizes, que puderam comprovar no imediato as beneficiações de que foram alvo os espaços, acedendo à zona da água, nomeadamente em Avô, através da nova cadeira de praia bem como da cadeira anfíbia atribuída no ano passado pela Fundação Vodafone. Os responsáveis das instituições, Artur Abreu da Arcial e Bruno Miranda da Santa Casa de Misericórdia, foram também unânimes em destacar o empenho da Câmara Municipal e Juntas de Freguesia para tornar as praias do concelho com mais qualidade nos equipamentos, nos acessos e na qualidade da água, conquistando galardões e qualificando-as como “praias inclusivas” e abertas a todos os cidadãos que podem usufruir das belezas das praias fluviais do concelho oliveirense.

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me